Professores e Júri

Elena Martynova

Ballet Clássico Avançado e Intermédio

Tirou o curso de Bailarina na Escola estatal de dança em Minsk (Bielorússia) na classe da Professora Chvetsova V.N. (foi aluna de Vaganova A. na Escola de Dança da S.Petersburgo, Rússia).

Curso Superior na Academia de Arte Teatral (RATI- GITIS) no ramo Professor-Coreógrafo (Moscovo, Rússia). Professores: Strushkova R.S.,Tushnina T.M., Pribilov G.P. Técnica Dança Clássica), Bogatirev A. (Pas de Deux).

Depois trabalhou na escola estatal de Dança em Minsk (Bielorússia) como professora de Técnica Dança Clássica e Repertório.

Actualmente é professora no Ginasiano Escola de Dança.

Phillip David Knapp

Ballet Clássico Infantil e Intermédio

Phillipp David Knapp, natural de Munique, Alemanha, obteve a sua formação artística como bailarino com o Prof. Alexander Prokofiev e Prof. Heinz Manniegel na Escola Superior de Dança de Munique (Hochschule für Musik und Tanz München) e na Escola de Ballet Benedict-Manniegel. Toda essa experiência práctica adquirida ao longo da sua educação artística conduziu-o para a formação superior em pedagogia da dança na Universidade de Dança de Dresden (Palucca Hochschule für Tanz Dresden).

Durante os seis anos de estudo em Dresden, teve a oportunidade de estagiar noutras escolas profissionais de dança como a Academia de Dança da Hungria (Magyar Táncmüvészeti Egyetem), Escola Nacional de Ballet “Alicia Alonso” (Escuela Nacional de Ballet “Alicia Alonso”) em Havanna, Cuba, Academia de Dança de Zurique (Tanzakademie Zürich) e o Ballet Nacional do Canadá em Toronto (Canadas National Ballet School). Nestas escolas teve a oportunidade de conhecer e aplicar os seus conceitos e metodologias de ensino.

Como professor de dança tem como principal foco dar aos seus alunos a base dos complexos movimentos da dança clássica de uma forma acessível. Somente depois de adquirirem essa base sólida, é que, no seu entender, serão capazes de encontrar mais liberdade nos seus movimentos e crescerem técnicamente.

Errol White

Dança Contemporânea Intermédio e Avançado

Formado na Northern Contemporary Dance School, Errol White actuou em algumas das mais conhecidas companhias de dança do Reino Unido incluindo Phoenix Dance Company, Scottish Dance Theatre, Random Dance Company e National Dance Company of Wales. A nível internacional A nível internacional juntamente com um número de distinguidos directores e coreógrafos, incluindo Rui Horta, Bill T Jones, Kenneth Kvarnstrom, Darshan Singh Buller, Fin Walker e Janet Smith e Ashley Page. Errol foi Director Artístico na National Youth Dance Wales de 2009 até 2013. Actualmente é co-director creativo da White&Givan (anteriormente Errol White Company) , dueto escocês de dança contemporânea.

Um profissional do ensino artístico e performer, Errol tem mais de 20 anos de experiência, incluindo 5 anos como director de ensaios do Scottish Dance Theatre. Com orador convidado em escolas de dança e vários estabelecimentos de ensino do Reino Unido, Errol partilha e sua experiência prática ensinado a próxima geração de bailarinos contemporâneos. Orientou residências e aulas para companhias de dança profissionais. Em 2014, em colaboração com Davina Gavin, lançou o primeiro programa piloto Escocês de aprendizagem financiada, Evolve.

Errol recebeu o Dance Europe Magazine’s Critics Award para Melhor Artista Masculino (2003/2004), o Marion North Mentoring Award de Coreografia (2002), o Lisa Ullman Travelling Scholarship Award (2009).

As suas mais recentes colaborações coreográficas com Davina Givan inclui incluem os trabalhos bem-sucedidos e aclamados pela crítica, Three Works (2009), IAM (2012) and Breathe (2014). Em 2015 White & Givan foram convidados para trabalhar com Orla O’Loughlin, directora artística e Co-CEO do Traverse Theatre, na qualidade de directores de movimento e coreógrafos para a nova peça Swallow, de Stef Smith. Swallow recebeu o Scotsman Fringe First Award e o Scottish Arts Club Theatre Award- 1º Lugar na estreia em 2015 no Fringe Festival no Traverse

Continuando a o sucesso da colaboração inicial, Davina trabalhou com o Traverse Theatre nas produções seguintes, Tracks of the Winter Bear, Milk, Grain the Blood, uma co-produção entre o Tron Theatre e o Traverse Theatre e mais recentemente Girl in the Machine de Stef Smith em 2017.

Em 2016 2016 White & Givan foram convidados para trabalhar com Francesca Joy, directora artística do Imagine if Theatre Company em Leeds, como directores de movimento e coreógrafos para a nova peça You Forgot the Mince escrita por Francesca Joy e que realizou tournée em teatros e prisões do norte de Inglaterra em final de 2016, recebendo destaque da crítica. Na primavera de 2016, White & Givan levaram o trabalho Breathe em tournée por dez locais na Escócia, incluindo o Perth Concert Hall, Tramway and Traverse Theatre com boa receção do público e da crítica

Davina Givan

Dança Contemporânea Infantil

Davina Givan é uma bailarina talentosa e muito expressiva, formada na Northern School of Contemporary Dance, Leeds. Nascida em Edinburgo, Davina trabalhou e actuou com Richard Alston Dance Company, Phoenix Dance Theatre, Scottish Dance Theatre e também como directora creativa da National Youth Dance Wales (2009-13).

Durante a sua Carreira Davina trabalhou com coreógrafos de renome internacional, dançou papeis originais para Richard Alston, Darshan Singh Buller, Janet Smith, Henri Oguike, Ashley Page and Jan De Shenkle. Recebeu vários prémios, incluindo o Critics Award pela Dance Europe Magazine (Melhor Artista Feminina 2001/2002), o Mitchell Dance Award (1993), e uma nomeação na categoria Jovem Artista de Relevo para o conceituado Critics Circle Dance Awards (2002).

Uma profissional do ensino artístico, Davina partilha generosamente a sua experiência prática. Trabalha com grupos de diferentes idades numa vasta selecção de estabelecimentos educacionais e profissionais, na Escócia e a nível internacional. Em 2014, em colaboração com Errol White, lançou o primeiro programa piloto Escocês de aprendizagem financiada, Evolve.

As suas mais recentes colaborações coregráficas com Errol White incluem os trabalhos bem-sucedidos e aclamados pela crítica, Three Works (2009), IAM (2012) and Breathe (2014). Em 2015 White & Givan foram convidados para trabalhar com Orla O’Loughlin, directora artística e Co-CEO do Traverse Theatre, na qualidade de directores de movimento e coreógrafos para a nova peça Swallow, de Stef Smith. Swallow recebeu o Scotsman Fringe First Award e o Scottish Arts Club Theatre Award- 1º Lugar na estreia em 2015 no Fringe Festival no Traverse.

Continuando a o sucesso da colaboração inicial, Davina trabalhou com o Traverse Theatre nas produções seguintes, Tracks of the Winter Bear, Milk, Grain the Blood, uma co-produção entre o Tron Theatre e o Traverse Theatre e mais recentemente Girl in the Machine de Stef Smith em 2017.

Em 2016 2016 White & Givan foram convidados para trabalhar com Francesca Joy, directora artística do Imagine if Theatre Company em Leeds, como directores de movimento e coreógrafos para a nova peça You Forgot the Mince escrita por Francesca Joy e que realizou tournée em teatros e prisões do norte de Inglaterra em final de 2016, recebendo destaque da crítica. Na primavera de 2016, White & Givan levaram o trabalho Breathe em tournée por dez locais na Escócia, incluindo o Perth Concert Hall, Tramway and Traverse Theatre com boa receção do público e da crítica

Paula Cirino

Sapateado

Teve formação em Barcelona com vários professores e ganhou experiência ao longo de nove anos percorrendo festivais como STF Stockholm Tap Festival, Tap Oslo na Noruega, participando em jam sessions de Jazz e outros estilos e frequentou formações em Nova Iorque com diferentes professores. Foi inspirada por nomes como Savion Glover, Jimmy Slide e Gregory Hines. O seu estilo baseia-se muito na improvisação, no momento…

Miguel Ribeiro

Jazz

Coreógrafo e Produtor numa das maiores empresas de eventos nacionais – Move it Eventos.

Tendo feito carreira nos últimos 20 anos como bailarino e coreógrafo com mais expressão na área televisiva e corporativa, coreografando a maior parte dos bailarinos profissionais do nosso país, passando por vários estilos de dança, demonstrativo de versatilidade e profissionalismo.

Eis alguns exemplos:

Televisão: “Globos de Ouro”, “Let’s Dance”, “A tua cara não me é estranha”; Aniversário da TVI, Aniversário da Sic, Múltiplas telenovelas nos últimos anos, entre filmes portugueses e estrangeiros e videoclips.

Maria Temporão

Danças Urbanas

Bgirl MaryRock – buterflyesoulflow; Fundadora da ANDA (almada não dorme associacao); organizadora de diversas battles nacionais, nomeadamente Sunset Battle (inserida no caparica surf fest) e Let’s Battle; Professora de bboying em diversas escolas e academias. Coreógrafa do grupo Puzzle recentemente premiado em competições nacionais.

Diogo Gaio

Danças Urbanas

Iniciou-se nas danças urbanas em 2007 e é Membro e Fundador do grupo de dança LTCTFG e Líder/Coreógrafo da crew We Exist, que ao longo dos anos se especializou no estilo Popping, onde ganhou algumas competições importantes:
Eurobattle Qualifier Portugal 2014, categoria Popping
Hip-Hop International Portugal 2016, categoria Mega Crew
Porto World Battle Qualificação Ibérica 2017, categoria Popping

Renato Garcia

Danças Urbanas

Coreógrafo, líder e membro do grupo RPDancers

Vários pódios em competições nacionais

Formação de vogue com vários voguers, entre eles, Lara Laquiz, Inxi Prodigy e Joana Matos